Como editar WordPress?

O WordPress é de fácil edição pois nasceu com o objetivo de ser um blog, mas, em pouco tempo, por sua possibilidade infinita de agregar plugins e deste modo poder transformar-se em apresentação personalizada e pela simplicidade de se edição, foi “sequestrado” pelo universo corporativo.
Hoje o WordPress responde como plataforma mais popular do mundo na criação e base de sites de empresas e sites pessoais.

REGRAS PARA EDITAR WORDPRESS

Se mesmo para escrever em texto em português para uma empresa temos que ficar atentos a regras ABNT e gramatica correta, quando produzimos uma imagem para web para o site de uma empresa, não é diferente.
O design para web possui regras básicas que devem ser respeitadas se nossa proposta é uma comunicação visual institucional ou mesmo um blog pessoal que preze pela qualidade.
A primeira coisa a se observar é que: em um site se o conteúdo será uma informação, devemos usar preferencialmente um texto para transmitir tal informação. Neste contexto a imagem é utilizada como recurso de ilustração ou de complemento da mensagem e não ser usada para carregar a informação.
Por vários motivos:
Busca orgânica
Um dos motivos para não criar conteúdo dentro de uma imagem é que os buscadores não registram textos escritos dentro de uma imagem.
ou seja: se você insistir a postar conteúdo dentro de imagens talvez seu site mal seja enxergado pelo Google.

Dificuldade de edição
Outro o que pesa é a “edição” dentro de uma edição. Por exemplo: você postou uma promoção mas errou um horário, como corrigir? Se fosse texto bastava digitar o certo e pronto. Ja tendo a informação “presa” dentro de uma imagem significa reeditar a imagem e fazer novo upload.

Acessibilidade
Outra situação, a meu ver a mais crítica, são as regras de acessibilidade.
Dependendo da cor do fundo e do dispositivo onde se visualize, o texto é o indicado para dar boa leitura a idosos ou pessoas com baixa visão.
Tem imagem tao grande que para dar o Zoom se perde ou o inicio da informação ou o seu final… Sendo que ao aumentar um texto na maioria dos dispositivos, o texto é organizado e só se terá rolagem vertical da tela.

Dentre inúmeros motivos para se priorizar no site o conteúdo em formato de texto que pode – e deve – ser enriquecido com imagem para ilustrar , enriquecer e complementar seu conteúdo ,,, porem nunca se deve usar a imagem com a função de veicular a informação.

DICAR DE COMO PRODUZIR IMAGENS PARA SEU SITE

Já vimos que a  finalidade de uma imagem em um site não é carregar a informação: e sim enriquecer e agregar valor a um texto informativo.
Isto dito, vamos falar de design de cores e imagens?
A imagem para a web também tem regrar e “boas maneiras” se queremos uma comunicação visual profissional que pode (e deve!) ser criativa, mas sem denunciar amadorismo ou deixar o site da sua empresa com um visual pouco profissional.

Harmonização das cores
Poderíamos nos estender aqui e falar de harmonização de cores para web e cores complementares em um padrão RGB,  que envolve técnicas na aplicação de paleta de cores para a web.
Por exemplo: se uma blusa laranja pode cair bem com saia amarela na moda,  na web não funciona bem assim.  Imagine a dificuldade de ler um texto em laranja em um fundo amarelo?
Aqui discorremos de algo que vai alem do mero gosto individual por cor X ou Y. Pense no seguinte:
o monitor, diferente de um quadro, é olhado a curta distância. Logo, se a sua imagem ira conter texto, se deve priorizar cores que se destaquem do fundo. Afinal, Não e mera falta de criatividade do web designer  que se tenha na maioria das vezes um fundo escuro com letras brancas (ou vice versa).
Por exemplo: imagina a dificuldade de ler um texto em cor laranja escrito em uma imagem com background vermelho sem o recurso de contorno branco?
Então há regras desde a combinação das cores, quanto no domínio de recursos que priorizem a qualidade e boa visibilidade em um site.

Margens e tamanho
Quando vamos imprimir material numa (boa) gráfica por exemplo, nos é solicitado que a arte precisa ter X de espaço para “sangria” ou seja: que seja poupada uma margem entre o que se comunica e o fundo: uma imagem profissional ainda que não seja impressa, deve valorizar margens, visando tornar a leitura mais fácil de quem acesso nosso conteúdo alem de manter a apresentação profissional.
O tamanho é outa questão.
Fazer o upload de uma imagem muito grande, desrespeitando o padrão da web  (atualmente maximo de 1200 pixels  de largura/ altura) pode afetar a qualidade, a diagramação do seu tema WordPress, além de tornar lenta a abertura do site.
Apesar de o WordPress já ser “responsivo” (ou seja: adequa o conteúdo de modo automático tanto para a  tela de computador quanto para  um smartphone.) a imagem também precisa ser produzida pensando em conceito responsivo! As vezes letras muito pequenas que podem ficar perfeitas num monitor de notebook,  são praticamente ilegíveis num smartphone de 5 polegadas.

VALORIZE O DESIGN E O DESIGNER!
Então, na hora de editar seu site, pense bem se não está na hora de contratar um web designer!
OU  caso não seja esta a sua primeira opção, reserve algumas horas para estudar um pouco sobre regras básicas de design para web.

Até a próxima!

Vale dar uma lida sobre o assunto também em:

 

https://webdesign.tutsplus.com/pt/tutorials/6-beginner-safety-first-color-guidelines-for-the-web–cms-21462

https://agenciahouse.com.br/qualidade-de-imagem-6-regras-basicas-ignoradas-por-muita-gente/

Além de muito material bacana na internet!